Glutamato monossódico

Ele é bastante utilizado na indústria de alimentos (em salsichas, carnes, temperos prontos) e, por isso, o seu consumo está aumentando, cada vez mais, ao redor do mundo.  Alguns estudos mostram que o glutamato monossódico pode causar intoxicação, pois o ingerimos em grandes quantidades. Além disso, ele pode alterar o metabolismo da fome e da saciedade, aumentando o apetite, podendo também aumentar o risco de sobrepeso, pressão arterial e diabetes tipo II.

Fonte: Fechando o Zíper.

 

Atualizando:

 

Vi numa revista especial da Scientic America sobre comida que o danado é uma variação do ácido glutâmico, inventado em 1866 pelo químico alemão Karl Ritthausen. Cerca de 40 anos depois, um químico japonês chamado Kikunae Ikeda descobriu que o caldo de algas – kombu dashi – quando evaporado deixava um resíduo que era a essência desse sabor. Ele mostrou que essas algas têm glutamatos e que são eles que criam o sabor umami – de acordo com outra matéria da revista, essa palavra descreve os sabores da carne assada ou do molho de soja.

 

O problema é que o original vem de um ácido que é colocado em tudo que é coisa hoje e muuuito salgado =/

Sou toda ouvidos!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s